Links de Acesso

BAL: BBC Patriots do Ruanda 


BBC Patriots do Ruanda, equipa de basquetebol a participar na BAL, em Kigali, Ruanda

"Para as almas bem nascidas, o valor não se traduz num número de anos" -este adágio aplica-se bem ao clube ruandês da BBC Patriots, fundado em 2014 por um grupo de executivos empresariais.

Dois anos mais tarde, os Patriots ganharam o seu primeiro campeonato nacional. Em 2019, conquistaram o seu quarto título da liga num esgotado Kigali Arena.

Um início estrondoso na vida do basquetebol nacional que os patriotas vão querer confirmar à escala continental graças a esta Liga Africana de Basquetebol, da qual estão a acolher a primeira edição.

Obviamente, por causa da Covid-19 os ruandeses não poderão beneficiar do apoio directo dos seus adeptos nas bancadas, mas mantêm a vantagem de jogar num local que conhecem.

Estes recém-chegados ao basquetebol africano estão a dotar-se dos meios para alcançar as suas ambições, contratando o americano Alan Major como novo treinador principal em Abril passado. Será ele capaz de criar elementos competitivos à altura das ambições do clube para este BAL?

Uma coisa é certa, a aprendizagem a nível continental não será fácil.

Grupo A

  1. US Monastir (Tunísia) com a estrela Ater Majok
  2. Rivers Hoopers (Nigéria) com a estrela Ben Uzoh
  3. Patriots (Ruanda) com a estrela Aristide Mugabe
  4. GNBC (Madagáscar) com a estrela Cameron Ridley

Grupo B

  1. Petro de Luanda (Angola) com a estrela Carlos de Morais
  2. AS Salé (Marrocos) com a estrela Eric Kibi
  3. AS Police (Mali) com a estrela Badra Samake
  4. FAP (Camarões) com a estrela Ebaku Akumenzoh

Grupo C

  1. Zamalek (Egipto) com a estrela Anas Osama Mahmoud
  2. AS Douanes (Senegal) com a estrela Chris Cockley
  3. GS Pétroliers (Argélia) com a estrela Mohamed Seddik Touati
  4. Ferroviário de Maputo (Moçambique) com a estrela Alvaro Calvo Masa

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG