Links de Acesso

Medido vista evitar instabilidade durante as eleições

O Governo de Angola reforçou o controlo da fronteira entre a província do Uíge e a República Democrática do Congo (RDC).

A decisão foi tomada devido à instabilidade na RDC e à necessidade de garantir a segurança nas próximas eleições em Angola.

Para o efeito foram capacitados e reforçados com novos meios técnicos os efectivos da quarta unidade da polícia da guarda fronteira na província do Uíge.

O segundo comandante provincial da polícia nacional Filipe Massala pediu uma maior responsabilidade a todos os efectivos "no sentido de defenderem a inviolabilidade das fronteiras" entre Angola e a RDC.

A província do Uíge conta com 17 postos e três subunidades ao longo da fronteira com o país vizinho.

Mais de 20.000 refugiados congoleses entraram na província da Lunda Norte nas ultimas semanas para escaparem a conflitos na região do Kasai, na RDC.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG