Links de Acesso

Incêndio destroi parcialmente hospital do Sumbe


Eugenio Teixeira

Governador diz que há anos que é pedida a construção de um novo hspital mas sem sucesso.

Cerca de 100 doentes ficaram sem tecto quando o hospital do Sumbe foi parcialmente destruído por um incêndio.

Incêndio destroi parte do hospital do Sumbe - 2:43
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:43 0:00

Na altura encontravam-se internados cerca de 200 pacientes mas não se registaram à vítima.

Técnicos do ministério da saúde já se deslocaram ao Sumbe para avaliar os estragos mas recusaram-se a falar aos jornalistas.

O governador do Kwanza Sul Eusébio de Brito Teixeira disse que as autoridades provinciais que “há bastante tempo estão a solicitar a construção de um novo hospital” mas sem sucesso.

Este hospital está velho, está velho. Este hospital tem quase 90 anos, está cansado e não foi dimensionado para o número de populares que temos”, disse o governador que recordou ainda que “temos hoje aparelhos modernos e a electricidade deve ser dimensionada de acordo com a potência dos aparelhos, não é o que acontece”.

O governador do Kwanza Sul disse ainda que os hospitais do Porto Amboím e da Cadá estão na mesma situação

“Continuamos na mesma coisa, remenda aqui, remenda ali, calça velha de tantos remendos acaba por rasgar”, afirmou o governador que lamentou a falta de ajuda do governo central acrescentando que “o governador infelizmente é que paga tudo”.

“Todas essas críticas que vocês estão a ler aí e ainda saiu aí uma crónica semana passada sobre os hospitais, o governador é que é a carne de canhão é que não faz nada…enfim o quê que vamos fazer?”, disse.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG