Links de Acesso

Namibe:Situação da seca é critica -ONGs

  • Armando Chicoca

Organizações Não Governamentais (ONGs) angolanas e estrangeiras estão a tentar mobilizar ajuda às vitimas da seca na província do Namibe.




Embora se desconheça o numero exacto de pessoas afectadas pela fome devido á seca sabe-se que pelo menos mais de 50.000 famílias fazem face à fome.

O Padre Luís Domingos, director da Caritas de Angola disse no entanto não poder precisar exactamente o número de pessoas em perigo.

”Números só mesmo depois de se apurar todos os dados que deverão ser divulgados pelas ONG,s que trabalharam nesta pesquisa”, defendeu o sacerdote católico ao serviço da Caritas de Angola no Namibe.

As organizações não-governamentais angolanas INADECO, Caritas de Angola, e ONGs estrangeiras, nomeadamente, UNICEF, Oxfam e outras disseram no entanto que a situação é crítica.

A Organização Mundial da Saúde também integrou as comissões de trabalho e trabalhou no Município do Tombwa.

A protecção civil e bombeiros também integrou as comissões de avaliação da situação calamitosa da seca no Namibe.

O padre Domingos Director da Caritas de Angola no Namibe considera urgente a intervenção das autoridades governamentais e de todos que podem prestar apoios para se acudir da fome das comunidades assoladas pela seca na província do Namibe.

Os resultados apurados nesta pesquisa pelas ONG,s angolanas e estrangeiras serão encaminhadas ao executivo central com a recomendação de intervenção urgente para salvar vidas humanas em situação de penúria alimentar.
XS
SM
MD
LG