Links de Acesso

Moçambique: Brasileiros da Vale investem mais de 6 mil milhões de dólares

  • William Mapote

A empresa mineira brasileira iniciou a fase de produção e exportação do carvão de Tete há precisamente um ano.

A empresa mineira brasileira Vale vai investir este ano em Moçambique mais de seis mil milhões de dólares para financiar as obras de expansão da mina de Moatize e o desenvolvimento do Corredor de Nacala que vai ligar as províncias de Tete e Nampula e que é considerado vital para aumentar as capacidades de exportação do carvão.
Os investimentos já em curso vão permitir que, a partir de 2014, a empresa brasileira duplique as suas capacidades de produção, para 22 milhões de toneladas anuais, e construir e reabilitar uma linha férrea, que vai partir da mina de Moatize até ao porto de Nacala, no norte do país.


O corredor integrado de Nacala vai compreender a construção e reabilitação de cerca de 900 quilómetros de linha férrea. Parte desta extensão vai atravessar o território do Malawi, cujo traçado é considerado pela Vale como o único que foi economicamente mais viável.
A empresa mineira brasileira iniciou a fase de produção e exportação do carvão de Tete há precisamente um ano.
O escoamento da produção continua a ser limitado pela capacidade da linha de Sena que compreende cerca de 600 quilómetros entre Tete e o Porto da Beira e cuja lenta reabilitação continua desde o ano de 2008.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG