Links de Acesso

São Tomé: Casos de "transe" continuam por apurar

  • Óscar Medeiros

Em São Tomé e Príncipe o ano escolar está prestes a arrancar mas persiste o mistério envolvendo os casos de transe em que caíram várias alunas.

Em São Tomé e Príncipe o ano escolar está prestes a arrancar mas persiste o mistério envolvendo os casos de transe em que caíram várias alunas de escolas secundárias.
Para analisar este problema as autoridades sanitárias do arquipélago reuniram-se hoje na capital.
Histerismo colectivo é o tema da palestra organizada pelo centro hospitalar de S. Tomé nas vésperas da abertura do novo ano escolar 2012-2013.
Perante o fenómeno estranho vivido no ano passado em que alunas de diversos estabelecimentos de ensino entravam em transe, a direcção do hospital Ayres de Menezes decidiu estudar o fenómeno apelidado de «Santo».


Até agora não há muitas explicações para o que aconteceu durante o ano lectivo passado com centenas de alunas nas escolas secundárias de Guadalupe e Patrice Lumumba.
Com a participação de vários especialistas entre psicólogos e geólogos o centro hospitalar de S. Tomé está a analisar os factores que podem estar na origem do fenómeno que no ano lectivo passado afectou centenas de alunas do ensino secundário em S. Tomé.
XS
SM
MD
LG