Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Sindicatos favoráveis à proposta de aumento salarial


São Tomé e Príncipe: Sindicatos favoráveis à proposta de aumento salarial

São Tomé e Príncipe: Sindicatos favoráveis à proposta de aumento salarial

Apenas os salários do regime geral serão contemplados pelo novo aumento

Washington, 02 Dez - O Orçamento Geral do Estado para o ano de 2011 começa a ser debatido pelo parlamento no próximo dia 28 deste mês.

A Assembleia Nacional fixou ontem a data para o debate e aprovação do projecto financeiro do governo, durante uma conferência de líderes das bancadas parlamentares.

O OGE vai ser submetido a apreciação dos deputados durante os dias 28, 29 e 30 de Dezembro para a sua aprovação na generalidade. O orçamento do governo santomense está orçado em 153 milhões de dólares.

Os parlamentares santomenses agendaram igualmente para o próximo dia 10 o debate e aprovação do orçamento específico da Assembleia Nacional estimado em pouco mais de três milhões de dólares. Um orçamento que regista um aumento de 15 por cento em relação ao ano passado.

Entretanto as centrais sindicais dizem-se favoráveis a proposta do aumento de salários do governo no novo Orçamento Geral do Estado. O executivo de Patrice Trovoada propõe aumentar em 10 por cento a massa salarial, ou seja, as despesas com os salários vão subir de trezentos mil milhões para mais de 330 mil milhões de dobras, o equivalente a aproximadamente 17 milhões de dólares.

Trata-se de uma medida que vai beneficiar apenas os trabalhadores do regime geral. De fora dos aumentos vão estar as categorias de regimes salariais especiais e políticos.

A Voz da América falou com Costa Carlos, secretário-geral da União Geral dos Trabalhadores de São Tomé e Príncipe – UGT-Central Sindical a propósito desta nova política salarial do governo santomense.

Ouça a entrevista em Mp3...

XS
SM
MD
LG