Links de Acesso

PNUD debate eleições e estabilidade política em África


Presidente nigeriano Goodluck Jonathan momentos depois de ter votado nas eleições estaduais de Abril último na Nigéria

Presidente nigeriano Goodluck Jonathan momentos depois de ter votado nas eleições estaduais de Abril último na Nigéria

Conferência internacional de três dias sobre os desafios políticos actuais e futuros pretende fazer a radiografia da política na Africa Ocidental

A cidade da Praia acolhe de hoje até Sexta-feira, uma conferência regional sobre “Eleições e Estabilidade na África Ocidental”, que pretende analisar o impacto dos processos eleitorais sobre a estabilidade na África Ocidental.

A conferência é organizada sob a égide do Escritório das Nações Unidas para a África Ocidental, em colaboração com o Governo de Cabo Verde, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o Fundo das Nações Unidas para a População.

Participam no evento o primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, além de Salou Djibo, antigo chefe de Estado do Níger e o ex-presidente do Gana, John Kufuor.

Além da análise do impacto dos processos eleitorais sobre a estabilidade na África Ocidental, a conferência vai também verificar as implicações da votação na prevenção de conflitos, democracia e construção da paz no continente.

Em debate estão entre outras questões, o financiamento das eleições e das comissões eleitorais, a gestão de conflitos eleitorais, o papel da comunicação social e do sector de segurança, direitos humanos e a questão do género bem como o apoio da ONU e da comunidade internacional aos processos eleitorais.

Esta conferência é apoiada igualmente pela CEDEAO, União Africana, Organização da Francofonia e União Europeia.

Ouça a entrevista de Gita Welch directora do Bureau Regional do PNUD para África Ocidental e Central na Agenda Africana desta semana, ela que aborda os desafios actuais e futuros da democracia em África.

XS
SM
MD
LG