Links de Acesso

Winnie, uma "referência de luta", diz PR cabo-verdiano


Jorge Carlos Fonseca consternado com a morte

Fonseca exalta luta contra o "apartheid"

O Presidente cabo-verdiano Jorge Carlos Fonseca classificou a activista sul-africana Winnie Mandela de uma "referência na luta" contra o regime do apartheid na África do Sul.

A reacção de Fonseca foi manifestada nesta segunda-feira, 2, horas depois da morte de Winnie.

"Lamentamos porque Mandela é um rosto, uma referência da luta contra o 'apartheid' na África do Sul, é uma referência da luta dos povos pela sua autodeterminação e autonomia e, para nós, isso é motivo de consternação", sublinhou Fonseca, lembrando que Cabo Verde mantém laços com a história da luta do povo sul-africano contra o 'apartheid' e pela sua libertação do colonialismo.

Winnie Mandela morreu num hospital de Joanesburgo após "doença prolongada”.

Conhecida como "mãe da nação", a segunda esposa de Nelson Mandela desempenhou um papel importante na luta anti-apartheid.

Mais tarde, esteve envolvida em várias controvérsias que acabaram em algumas condenações.

Casada com Nelson Mandela durante 38 anos, Winnie foi importante na luta para manter a viva a imagem do líder histórico durante os seus longos anos de prisão e foi também ela própria uma dirigente da luta anti apartheid.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG