Links de Acesso

Venezuela: Autoridades dizem que reprimiram uma rebelião militar


Maduro dirigindo-se aos membros da Assembleia Constituinte

Uma testemunha na área de uma base militar na cidade de Naguanagua disse ter ouvido tiros antes do amanhecer.

As autoridades venezuelanas reprimiram uma rebelião militar perto da cidade de Valência, foi hoje anunciado, dias depois da eleição de uma assembleia constituinte engendrada pelo presidente Nicolás Maduro.

A agência de notícias Reuters escreve que o deputado do Partido Socialista Diosdado Cabello deu a informação logo após a divulgação de um vídeo que mostra um grupo de homens em uniforme militar anunciando uma rebelião e pedindo uma ampla revolta contra o presidente Maduro.

No referido vídeo, um homem, rodeado por uniformizados, que se identificou como Juan Carlos Caguaripano, ex-capitão da Guarda Nacional, disse: "Exigimos a formação imediata de um governo de transição".

Uma testemunha na área de uma base militar na cidade de Naguanagua disse ter ouvido tiros antes do amanhecer, mas Cabello disse que a situação havia sido controlada.

O Ministério da Defesa não respondeu imediatamente a um pedido para comentar.

Na sexta-feira, aliados do governo inauguraram uma nova assembleia constituinte que a oposição venezuelana e líderes de outras nações denunciam como uma tomada do poder por Maduro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG