Links de Acesso

UNITA e CASA-CE movimentam-se na Huíla de olhos nas autárquicas

  • VOA Português

Oposição acredita que o poder local será instalado na actual legislatura

As principais forças políticas da oposição na província angolana da Huíla começam a olhar para a implementação das autarquias locais.

Mesmo sem uma data específica para a realização das primeiras eleições autárquicas, os políticos apegam-se na convicção de que acontecerão nesta legislatura.

O secretário executivo provincial da CASA-CE na Huíla, Serafim Simeão, diz que o primeiro passo rumo às autarquias arrancou com a movimentação dos quadros em face ainda dos resultados das últimas eleições.

“Precisamos de afinar mais a máquina das localidades e é partir daí que será a nossa estratégia. O casco urbano está mobilizado, o que devemos fazer agora é sair para as bases as localidade aldeias, sectores. A semana passada fiz algum périplo pela província da Huíla onde a orientação foi esta”, revelou Simeão.

A UNITA, por seu lado, anunciou para até Novembro a realização dos comités municipais e provincial, órgãos deliberativos na província aos quais caberá definir as linhas mestras para os caminhos a seguir.

O secretário provincial da UNITA, Alcibíades Kopumi, diz que o seu partido há muito defende a implementação das autarquias, que são a única via de se conferir poder ao cidadão e combater as assimetrias regionais.

“A questão das autarquias é uma questão para nós da UNITA um ponto de honra e a concretização desse princípio da descentralização administrativa é a forma mais adequada de se resolverem os problemas das assimetrias regionais”, sublinhou Kopumi.

Não há ainda movimentações do MPLA.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG