Links de Acesso

Ucrânia/Rússia: NATO activa força de 40 mil soldados


Secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg em conferência de imprensa depois de uma cimeira virtual da NATO na sede da NATO em Bruxelas, Fev. 25, 2022.

O Pentágono expressou apoio à decisão da NATO de activar a Força de Resposta da NATO na sexta-feira, citando a agressão da Rússia.

"Não está totalmente claro se Putin tem projectos além da Ucrânia, e é porque não está perfeitamente claro que continuamos à procura de maneiras de reforçar as nossas capacidades da NATO e tranquilizar nossos aliados", disse Kirby.

A NATO prometeu na sexta-feira continuar a apoiar o governo e os militares da Ucrânia e alertou que tomou medidas sem precedentes para garantir a segurança dos membros da aliança.

"Estamos a destacar elementos da Força de Resposta da NATO em terra, no mar e no ar para fortalecer ainda mais nossa postura e responder rapidamente a qualquer contingência".

O secretário-geral Jens Stoltenberg falou com repórteres em Bruxelas após uma reunião virtual de chefes de estado da aliança.

"Não deve haver espaço para erros de cálculo ou mal-entendidos", disse ele sobre a activação da força de 40.000 soldados pela NATO pela primeira vez. "Faremos o que for preciso para proteger e defender cada aliado e cada centímetro do território da NATO."

As autoridades polacas dizem que pelo menos 100.000 pessoas cruzaram a fronteira polaca da Ucrânia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG