Links de Acesso

Turquia inicia o julgamento de cerca de 500 acusados de tentativa de golpe de Estado em 2016


Polícia turca escolta suspeitos golpistas, incluindo o antigo comandante da Força Aérea, General Akin Ozturk.

A Turquia iniciou, hoje, o julgamento de cerca de 500 pessoas acusadas de participação no golpe de Estado frustrado de julho de 2016, por suspeita de conspiração contra o governo.

A AFP reporta que o julgamento decorre, perto de Ancara, sob fortes medidas de segurança.

Dos 486 acusados, 461 estão detidos, sete foragidos e os demais comparecem ao julgamento em liberdade.

Os acusados são suspeitos de organizar o golpe de Estado frustrado contra o presidente, Recep Tayyip Erdogan a partir da base aérea de Akinci, ao noroeste de Ancara, apresentada como o centro de comando dos golpistas.

Dezenas de manifestantes se reuniram nas imediações da penitenciária, ante um grande dispositivo de segurança, e alguns exigiam a pena de morte para os acusados.

Durante a transferência dos suspeitos para a sala de audiências, os manifestantes vaiaram e jogaram garrafas vazias.

A acusação afirma que os suspeitos organizaram o golpe na base aérea de Akinci, ao noroeste de Ancara, a partir de onde foram emitidas ordens para bombardear o Parlamento e o palácio presidencial na madrugada de 15 para 16 de julho do ano passado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG