Links de Acesso

Trump acusa Alemanha de agir de modo "delinquente"


Imagem de arquivo: Presidente Trump e Chanceler Merkel a 4 de dezembro 2019 na Cimeira da NATO, na Inglaterra

O Presidente americano, Donald Trump, afirmou na segunda-feira (15) que diminuirá significativamente a presença militar na Alemanha, a quem acusa de agir de modo "delinquente" em relação a suas contribuições financeiras para a NATO, além de tratar injustamente os americanos no comércio internacional.

"É um custo tremendo para os Estados Unidos", afirmou o presidente ao anunciar a redução do contingente americano em solo alemão, segundo ele de 52 mil soldados. "Vamos diminuir esse número para 25 mil soldados."

Dados do Pentágono diferem dos números citados pelo presidente, apontando que entre 34 mil e 35 mil soldados estão atualmente em caráter permanente nas bases americanas em solo alemão.

Entretanto, com a rotação de outras bases, o número pode ascender a 50 mil.

Além do contingente militar, há também cerca de 17.500 civis americanos que trabalham para o Departamento de Defesa na Alemanha.

Trump afirmou ainda que os militares americanos geram lucros ao país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG