Links de Acesso

Trending: Bomba atómica de Hiroshima foi lançada há 75 anos


Foto da esquerda: Explosão em Hiroshima a 6 de agosto de 1945 Foto da dir: Explosão em Nagasaki a 9 de agosto de 1945 tirada por Charles Levy

O Twitter lembra-nos que hoje marca o septuagésimo quinto aniversário desde o ataque de Hiroshima no Japão, o primeiro ataque com bomba atómica no mundo.

As autoridades japonesas realizaram uma cerimónia com orações e flores para marcar os 75 anos deste evento que o Japão pede que não seja esquecido para que não volte a acontecer.

A bomba foi lançada pelos EUA a 6 de agosto de 1945, durante a Guerra Mundial II, e matou cerca de 140 mil pessoas. Três dias depois outra bomba foi lançada sobre Nagasaki e duas semanas depois o Japão rendeu-se, acabando a Guerra Mundial II.

No Facebook o post mais popular pertence ao UNICEF, que iniciou uma campanha de ajuda para o Líbano. Na publicação lê-se: “A brutal explosão em Beirute contribui para uma crise já terrível para as famílias no Líbano. A Covid-19 deixou os hospitais sobrecarregados e os funcionários da linha da frente exaustos. Ajude o UNICEF a aumentar a sua resposta para crianças doando hoje.

No Instagram o trending vai da moda à religião.

Kylie Jenner continua a liderar os posts mais populares com fotos focadas em beleza e estilo. Ela bate records em gostos, ultrapassando os 7 milhões. Com mais de 5 milhões surge logo a seguir está o primeiro-ministro indiano.

Narendra Modi, uma figura aliás muito popular nas redes sociais. Ele publicou uma fotografia em oração.

Justin Bieber segue em terceiro com uma foto dele e da sua esposa quando foram batizados. Mais de 3 milhões de gostos para esta foto de demonstração de fé.

No Google mais de meio milhão de pesquisas é dedicada ao social media influencer Jake Paul. Ele é uma figura controversa, que tem dado festas durante o confinamento, considerado pelas autoridades e pelos entendidos em influenciadores de media como um provocador, o jovem tem milhões de seguidores em todo o mundo, tudo à custa de pregar partidas às pessoas.

Essas partidas normalmente colocam-no em problemas com a polícia e a novidade é que desta vez ele está a ser investigado pelo FBI, depois de agentes terem feito buscas à sua casa, em Los Angeles.

Não se sabe por que motivo o FBI fez as buscas.

No Website da VOA vale a pena ler:

- "Há impressões digitais do Estado Islâmico" em Cabo Delgado, diz responsável militar americano

- PGR de Angola recusa extradição de empresário acusado de corrupção na Espanha

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG