Links de Acesso

Terremoto deixa pelo menos 130 mortos e dezenas de prédios danificados no México

  • Redacção VOA

Prédio colapsa

Milhares de pessoas fugiram para as ruas e linhas eléctricas e de telefones caíram em partes da capital

Um forte terremoto de magnitude 7,1 atingiu a região central do México nesta terça-feira, 19, deixando até ao fim da noite 130 pessoas mortas em vários Estados, edezenas de edifícios derrubados a capital.

O presidente da Câmara Municipal da Cidade do México, Miguel Angel Mancera, disse que 44 edifícios foram gravemente danificados ou destruídos, entre eles uma escola, um supermercado e uma fábrica.

Registaram-se também fugas de gas e muitos incêndios.

No entanto, a região mais atingida foi no Estado de Morelos, ao sul da Cidade do México, onde pelo menos 54 pessoas morreram, segundo dados do Estado.

Autoridades relataram outras mortes na Cidade do México (pelo menos 30), região de Puebla e no Estado do México.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em publicação no Twitter: “Deus abençoe o povo da Cidade do México. Nós estamos com vocês e estaremos lá para vocês”.

Os canais de televisão mexicanos e redes sociais mostraram carros esmagados por destroços.

Milhares de pessoas fugiram para as ruas e linhas eléctricas e de telefones caíram em partes da capital.

O terremoto aconteceu horas após muitas pessoas participarem de exercícios de terremotos pelo país no aniversário de um devastador terremoto que matou milhares na Cidade do México em 1985.

Muitas pessoas também foram afectadas por outro tremor em 7 de Setembro no sul do México que matou pelo menos 98 pessoas.

O epicentro do terremoto desta terça-feira foi localizado no Estado central de Puebla, informou o Serviço Geológico dos EUA.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG