Links de Acesso

Síria: Suspeito ataque da Coligação mata 23 pessoas, diz grupo de monitoria

  • Redacção VOA

Síria (foto de arquivo)

Pequenas tréguas não serão sustentáveis a menos que haja progresso na resolução politica, Staffan de Mistura.

Vinte e três pessoas foram mortas, nas primeiras horas de hoje, 15, em ataques aéreos junto à fronteira entre a Síria e Iraque, disse um grupo que monitora o conflito.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, com sede na Inglaterra, disse que os ataques, em Al-Bukamal, foram provavelmente realizados pela coligação liderada pelos Estados Unidos, que tem atingido o grupo Estado Islâmico desde 2014.

A coligação não fez comentários imediatos sobre os ataques, mas noutras ocasiões informou que desde o início da campanha terá causado a morte de 350 civis, número que os grupos de direitos humanos dizem ser muito baixo.

Os ataques de hoje foram realizados na véspera de mais uma ronda de conversações de paz lideradas pelo enviado das Nações Unidas, Staffan de Mistura.

Staffan de Mistura disse que tais negociações poderão se prolongar até sexta-feira ou sábado, e que os esforços da Rússia e Turquia no sentido de alcançar pequenas tréguas não serão sustentáveis a menos que haja progresso na resolução politica.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG