Links de Acesso

Senador americano espera que Donald Trump desacelere a retirada das tropas na Síria


Senador Lindsey Graham (esq) com o Presidente turco Tayyip Erdogan. 18 de janeiro, 2019

Um dia depois do encontro que manteve com o presidente da Turquia, o senador americano Lindsey Graham disse esperar que o presidente americano, Donald Trump não retire completamente as tropas da Síria, até o Estado Islâmico ser desfeito.

Graham disse neste sábado, 19 de janeiro, em Ancara, que o "objectivo de destruir o Estado Islâmico não foi ainda alcançado."

O senador republicano disse que uma retirada americana da Síria sem um plano poderá conduzir ao caos e a um “Iraque sob esteróides."

A reunião de sexta-feira entre o presidente turco Recep Tayyip Erdogan e Graham em Ancara foi o mais recente esforço para acalmar a tensão bilateral no que toca à situação na Síria.

As forças turcas estão na fronteira norte da Síria, onde se preparam para lançar uma ofensiva contra a milícia curda YPG, uma aliada importante dos Estados Unidos na guerra contra o Estado Islâmico.

A Turquia diz que os terroristas YPG estão ligados a um grupo insurgente dentro da Turquia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG