Links de Acesso

Sarampo mata crianças em Malanje


Criança que cegou devido a sarampo

Dezasseis crianças morreram até ao momento na comuna de Capunda, município de Luquembo, vítimas do surto epidémico de sarampo, confirmou este domingo, o secretário de Estado para a Saúde Púbica, de Malanje.

Franco Munfinde que encabeça uma equipa multissectorial que integra médicos, pediatras, enfermeiros, epidemiologistas, sanitaristas e outros especialistas que reforçam o grupo criado pelo governo local para a campanha de imunização dos petizes disse que até domingo estavam contabilizados mais de 100 casos.

"Dados actualizados apontar para 108 casos, um número acumulado de 16 óbitos, sendo que nas última 24 horas (sábado para domingo) houve um registo de 29 casos, ", disse, confirmando o "reforço das medidas de contenção que visam as campanhas de bloqueio".

Os primeiro casos foram notificados em Junho deste ano, mas as autoridades provinciais tomaram conhecimento do surto apenas neste mês de Outubro.

A situação nutricional das crianças preocupa igualmente a equipa ministerial

O secretário de Estado da comunicação social, Celso Malavaloneke faz parte da delegação ministerial que está em Malanje a imprimir acções para eliminar o surto de sarampo que se instalou na comuna de Capunda, 120 quilómetros da sede municipal Luquembo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG