Links de Acesso

São Tomé, detido médico acusado de negligência


São Tomé, centro hospitalar

O médico são-tomense e director do único centro hospitalar do país, Pascoal de Apresentação, acusado de negligência médica na morte de uma criança de 2 anos e uma mulher de 63 anos de idade foi detido este sábado, 7, pelo Ministério Público e conduzido à cadeia central de São Tomé.

São Tome, médico Pascoal da Apresentação
São Tome, médico Pascoal da Apresentação

De acordo com fontes judiciais o médico-cirurgião será presente ao juiz na próxima segunda-feira para o primeiro interrogatório, no âmbito de um processo crime instruído pelo Ministério público após a denúncia das duas mortes pelos familiares das vítimas, na última terça-feira.

Pascoal de Apresentação é acusado pelo Ministério Público de crimes de homicídio e omissão de auxilio.

Até agora nem o Governo, nem a ordem dos médicos de São Tomé e Príncipe se pronunciaram sobre este alegado caso de negligência médica ocorrido no Hospital Ayres de Menezes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG