Links de Acesso

Prisões elevam para mais de 200 o total de detidos por causa da 'Greve do Silêncio' no Myanmar


Arquivo: Uma rua vazia junto a Shwedagon Pagoda, 10 Dez., 2021, quando manifestantes convocaram uma 'greve silenciosa' em protesto contra o golpe militar. Yangon, Myanmar.

Autoridades da região de Mandalay, no Myanmar, detiveram na quarta-feira quase 20 pessoas acusadas de participar de uma "greve silenciosa", elevando para mais de 200 o número de presos em conexão com o protesto anti-junta nacional nos últimos dias, segundo fontes.

Moradores do município de Mahar Aung Myae, em Mandalay, disseram ao Serviço do Myanmar da RFA na quinta-feira que as forças de segurança bloquearam as ruas durante a maior parte do dia anterior e prenderam pelo menos 19 pessoas, incluindo um monge budista e vários jovens líderes activistas.

Ashin Raza Dhama, líder da União dos Monges Budistas de Mandalay, disse que as forças da junta revistaram a ala de Mahar Aung em Sein Pan e detiveram "cerca de 15 pessoas".

"À noite, quatro líderes [que lideraram] boicotes foram levados", disse ele sobre os jovens activistas, cujos nomes foram omitidos devido a preocupações com a sua segurança e das suas famílias.

"Hoje, ouvi dizer que eles estão a fazer buscas na área de Myaukpyin da mesma forma que fizeram em Sein Pan", acrescentou.

As autoridades também prenderam um monge budista do Mosteiro Thingazar de Mandalay, alegando que ele estava envolvido nos protestos.

As ruas do Myanmar estavam praticamente vazias a 1 de Fevereiro, quando pessoas de todo o país participaram da Greve Silenciosa para protestar contra o aniversário de um ano do golpe militar, apesar de uma semana de ameaças da junta e detenções de organizadores.

As áreas públicas em todo o país eram visivelmente estéreis, excepto por grupos ocasionais de jovens que realizavam protestos instantâneos. No período que antecedeu o aniversário do golpe de 1 de Fevereiro de 2021, as autoridades alertaram sobre punições severas – incluindo prisão perpétua – para qualquer pessoa encontrada aplaudindo, buzinando ou expressando apoio à greve.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG