Links de Acesso

Presidente Donald Trump autoriza entrada de refugiados, mas com mais restrições

  • Redacção VOA

Donald Trump

No geral, todos os candidatos a refugiados deverão fornecer informações sobre o seu paradeiro na década anterior, duas vezes mais do que anteriormente

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um decreto, ontem, que autoriza o reinício da entrada de refugiados no país, mas impõe um escrutínio mais rígido a cidadãos de 11 países considerados de alto risco para a segurança nacional.

Os candidatos desses 11 países passarão por uma verificação de 90 dias e serão autorizados a entrar nos Estados Unidos se tal for de interesse nacional e não representar nenhum risco de segurança.

As autoridades recusaram fornecer os nomes dos 11 países, mas as agências de notícias Reuters e AFP dizem que trata-se da Coreia do Norte, Egipto, Irão, Iraque, Líbia, Mali, Somália, Sudão do Sul, Sudão, Síria e Iémen.

No geral, todos os candidatos a refugiados deverão fornecer informações sobre o seu paradeiro na década anterior, duas vezes mais do que anteriormente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG