Links de Acesso

Presidente mexicano defendeu libertação de filho de El Chapo


O presidente mexicano, Andrés Manuel Lopez Obrador, defendeu as forças de segurança na sexta-feira por lidar com um chocante surto de violência relacionada às drogas, dizendo que eles salvaram vidas ao libertar um filho do chefão da prisão Joaquin "El Chapo" Guzman após a sua breve captura.

Homens armados do cartel cercaram as forças de segurança na cidade de Culiacan, no noroeste, na quinta-feira, 17 de Outubro, e libertaram o filho do traficante, Ovidio Guzman, depois que a sua detenção provocou um tiroteio e uma fuga da prisão que surpreendeu a cidade.

Nesta sexta-feira, em conferência de imprensa, Lopez Obrador respondeu que a decisão de libertar o filho de Guzman foi tomada por altos oficiais de segurança e que ele apoiava a decisão porque salvou vidas.

"As autoridades que tomaram essa decisão saíram-se bem", disse Lopez Obrador. "A nossa estratégia está a correr bem”.

Ovido Guzman acusado de conspiração para distribuir cocaína, metanfetamina e marijuana nos Estados Unidos

A reacção violenta à captura de Guzman, em Culiacan, no estado de Sinaloa, aconteceu numa escala raramente vista durante a longa guerra às drogas do México, mesmo após as famosas prisões do seu pai.

Um grande grupo de reclusos escapou da prisão da cidade. Moradores esconderam-se em centros comerciais e supermercados enquanto os tiros rugiam.

Lopez Obrador, um veterano esquerdista que assumiu o cargo em Dezembro, rejeitou as críticas de que o governo havia agido fracamente ao libertar o jovem Guzman, descrevendo essa visão como "conjectura" proposta por seus adversários para desacreditá-lo.

Joaquin Guzman, “El Chapo”, foi considerado culpado num tribunal dos EUA em Fevereiro por contrabandear toneladas de drogas e foi condenado à prisão perpétua.

Acredita-se que Joaquin Guzman tenha cerca de 12 filhos, incluindo Ovidio. O Departamento de Justiça dos EUA divulgou uma acusação contra Ovidio e outro irmão em Fevereiro, acusando-os de conspiração para distribuir cocaína, metanfetamina e marijuana nos Estados Unidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG