Links de Acesso

Posição de Lourenço sobre concursos nas empresas públicas gera controvérsia


João Lourenço

Ausência de concursos públicos interpretada como caminho aberto ao nepotismo e corrupção

O Presidente angolano João Lourenço disse na conferência de imprensa de segunda-feira, 8, que as empresas públicas como Endiama, Sonangol, RNA, TPA, BNA e BPC, entre outras, não devem realizar concursos públicos.

Analistas criticam este posicionamento e chegam a acusar Lourenço de defender uma prática muito criticada durante o mandato de José Eduardo dos Santos.

Posição de Lourenço sobre concursos nas empresas públicas gera controvérsia - 2:34
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:34 0:00

A VOA questionou o Presidente angolano sobre o por quê de não haver concursos para admissão de novos funcionários nas empresas públicas, tendo Lourenço dito "não haver possibilidades de realizar tais concursos".

PR angolano João Lourenço pede paciência
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:19 0:00

Em reacção, o analista Agostinho Sicato criticou a posição de João Lourenço e disse que terá sido mal aconselhado.

“As empresas públicas regem-se também pela lei de contratação pública, as empresas públicas para contratarem funcionários precisam de concursos públicos e isso é de lei”, alertou Sicato que, no então questiona se vai-se “anular a lei e ficar com a palavra do Presidente”, que, no entanto, ele considera ter sido “mal assessorado".

João Lourenço nega tensão com José Eduardo dos Santos
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:17 0:00

Já o deputado pela CASA-CE Makuta Nkondo entende que se as empresas públicas não podem realizar concursos públicos, João Lourenço não pode criticar o seu antecessor José Eduardo dos Santos.

“Ele não pode condenar José Eduardo dos Santos por ter colocado os filhos nas empresas, onde, como não existe concurso público, a entrada é por amiguismo, nepotismo ou corrupção”, sublinhou Nkondo, para quem Lourenço “quer legitimar o nepotismo”.

Recorde-se que muitas empresas públicas são criticadas por admitirem pessoal devido ao tráfico de influência, corrupção e nepotismo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG