Links de Acesso

Português vai ser língua franca no CAN 2021


Cinco treinadores, dezenas de jogadores e três árbitros lusófonos estão presentes

O português vai ser língua franca no CAN 2021, o Campeonato Africano das Nações, que se inicia domingo, 9 de Janeiro, nos Camarões.

Com efeito cinco selecções presentes são treinadas por técnicos que se exprimem nessa língua, para além das dezenas de jogadores que falam também o português e que jogam não só por Cabo Verde e Guiné-Bissau mas também em outras nações africanas presentes no CAN.

Os cinco treinadores que dominam o português são Pedro Brito – Bubista de Cabo Verde, Baciro Candé da Guiné- Bissau, Carlos Queiroz do Egipto, António Conceição dos Camarões e o desconhecido Didier Gomes da Rosa, o treinador da Mauritânia.

Gomes da Rosa nasceu em França filho de imigrantes portugueses, tem dupla nacionalidade francesa e portuguesa. Começou a sua carreira em França em 2008, mas desde 2013 que está envolvido com clubes africanos.

Já treinou clubes no Ruanda, Camarões, Argélia, Etiópia, Guiné-Conacri. Egipto, Sudão, Tanzânia e agora é seleccionador- treinador da Mauritânia.

Esta é contudo a primeira vez que Gomes da Rosa está a cargo de uma selecção nacional, pois toda a sua experiência no futebol africano é com clubes nos diferentes campeonatos.

Esta é também a primeira vez que António Conceição participa numa competição internacional a nível de treinador de uma selecção, tendo anteriormente treinado clubes na Roménia, Chipre, Arábia Saudita e Portugal.

O veterano é o luso-moçambicano Carlos Queiroz que comanda o Egipto e que chega ao CAN depois de já ter participado em três mundiais e numa Copa América.

Por outro lado, estão presentes neste CAN 21 jogadores que actuam em clubes portugueses e que foram convocados por diversas selecções, sendo 11 deles convocados pela Guiné-Bissau.

Nigéria, Gana, Mali, Guiné- Equatorial e Gâmbia são outras selecções com jogadores que falam português.

A nível dos árbitros e assistentes há também três deles a falarem português.

Trata-se do árbitro Helder Martins De Carvalho de Angola e os assistentes Jerson Emiliano Dos Santos de Angola e Arsénio Maringula de Moçambique.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG