Links de Acesso

Policia israelita diz que primeiro ministro participou em suborno


Na mira da polícia israelita: Benjamin Netanyahu e a sua mulher

A polícia israelita recomendou que o primeiro-ministro Benjamin Netanyauh e a sua mulher Sara sejam indiciados por suborno e outras irregularidades.

As recomendações foram feitas depois de investigações levadas a cabo para determinar se o governo israelita concedeu benefícios à companhia de telecomunicações, Bezeq em troca de cobertura noticiosa positiva por parte de media controlado pela companhia.

A polícia diz haver provas suficientes para acusar formalmente o casal de suborno, fraude e abuso de confiança.

Numa declaração o primeiro-ministro disse que essas recomendações “não surpreenderem ninguém” porque “foram decididas e foram dadas a jornais mesmo antes das investigações começarem”.

O Procurador-Geral terá agora que decidir seu vai ou não iniciar acusações formais contra Netanyauh.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG