Links de Acesso

Parlamento catalão aprova a independência da região

  • Redacção VOA

Primeiro-ministro espanhol pede calma diz que "Estado de Direito restaurará a legalidade"

O Parlamento da Catalunha aprovou nesta sexta-feira, 27, uma resolução apresentada pela sua maioria independentista que prevê "constituir uma República Catalã como um Estado independente, soberano, democrático e social".

O texto determina ao Parlamento que inste o "Governo (catalão) a ditar todas as resoluções necessárias para o desenvolvimento da lei de transitoriedade legal e fundação da república".

A votação teve 70 votos a favor, 10 contra e 2 em branco.

Parlamentares de oposição à proposta, dos partidos Socialista, Ciudadanos e Popular, abandonaram o plenário.

O chefe do Governo central Mariano Rajoy reagiu pelo Twitter: “Peço tranquilidade a todos os espanhois. O Estado de direito restaurará a legalidade na Catalunha”.

Apesar dos trechos mais contundentes, segundo o jornal local "La Vanguardia", o texto é muito amplo e inclui a chamada "Declaração dos Representantes da Catalunha", documento simbólico que os deputados de ambos os grupos independentistas (Junts pel Sí e CUP) assinaram a10 de Outubro.

Do lado de fora do Parlamento, assim como nutros lugares da Catalunha, partidários da independência se reuniram e comemoraram a aprovação.

A Bolsa de Madri começou a cair imediatamente, informou a rede TVE.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG