Links de Acesso

“Os incompetentes não estão aqui”, diz Rui Falcão em defesa dos governadores angolanos


Rui Falcão

É raro na cena política angolana um governador criticar abertamente o Governo central mas foi isso que aconteceu em Benguela num encontro entre o governador Rui Falcão e o ministro da Administração do Território, Marcy Cláudio Lopes, em visita de trabalho.

O governador provincial abordou a velha problemática da falta de dinheiro para o saneamento básico, um dos setores inscritos na transferência de competências do Governo central para os provinciais, selada há dois anos justamente em Benguela.

Governador de Benguela defende governadores e critica governo central - 1:08
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:08 0:00

"Não é possível que cidades como Benguela e Lobito fiquem meses sem dinheiro para recolher os resíduos sólidos”, disse o governador para quem “é preciso mais sensibilidade de quem toma decisões em Luanda, e se não trouxermos esses quadros para vivenciarem a realidade as decisões são sempre erradas".

Falcão, que ficou sem resposta do ministro, compreende a pouca disponibilidade financeira, mas não se conforma com o rótulo da incompetência.

"Se for racionalmente utilizado, podemos fazer melhor do que no ‘tempo das vacas gordas'", disse Rui Falcão."

"O que não podemos aceitar é que nos passem certificados de incompetência, quando, seguramente, os incompetentes não estão aqui", acrescentou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG