Links de Acesso

Optimismo e ceptcismo no lançamento do Metrobus em Maputo


Estação dos Caminhos de Ferro de Moçambique, Maputo

A iniciativa, que resulta de uma parceria público-privado, fez as viagens experimentais. Foi elogiada por alguns e criticada por outros.

Maputo, a capital de Moçambique, procura resolver o crónico problema de transporte público, lançando o Metrobus.

A iniciativa, que resulta de uma parceria público-privado, fez as viagens experimentais. Foi elogiada por alguns e criticada por outros.

“A ideia é bem-vinda, sobretudo, porque vai reduzir o tempo de espera nas paragens”, disse um dos passageiros.

Mas há quem manifesta cepticismo sobre a relevância deste projecto combinado de autocarro e locomotiva.

“Eu acho que não vai resolver nada, porque as pessoas precisam mais de autocarros flexíveis e rápidos, e não vejo estes autocarros a fazer isso” disse outro maputense.

Antes do início da sua circulação, a iniciativa era criticada por o passe mensal custar o equivalente a 58 dólares americanos, num país onde o salário mínimo não está longe disso. Tal foi reduzido cerca de metade.

Mas há dúvidas sobre o impacto que a iniciativa vai trazer na classe média, que tem viaturas próprias. O esperado é que opte pelo sistema para reduzir o congestionamento e poupar mais.

Acompanhe:

Optismismo e ceptcismo no lançamento do Metrobus
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:37 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG