Links de Acesso

Negócios de diamantes ficam "na familia do poder" em Angola


Desconhecem-se os nomes dos novos investidores

Endiama entregou a outros investidores empresas de diamantes anteriormente geridas por Isabel dos Santos

Em Angola, a recente entrega a outros investidores das empresas de exploração de diamantes, anteriormente detidas pela empresária Isabel dos Santos, poderá não criar qualquer crispação entre o actual Presidente da República e a família de José Eduardo dos Santos.

A opinião é de analistas que consideram que o negócio vai continuar a ser gerido pelo Governo do MPLA, por via da empresa pública de diamantes, Endiama.

O advogado Pedro Caprataca afirma que nada garante que "entre os novos investidoresnão haja figuras do regimeindicadas pelo partidono poder".

Por seu turno, o analista Faustino Mumbika considera que como não se sabe se a entrega obedeceu a algum concurso público, "é provável que seja um negócio que vai continuar nas mãos dos dirigentes do MPLA".

A Endiama, empresa pública do sector, ofereceu licenças de exploração de diamantes para investidores que anteriormente pertenciam a Isabel dos Santos,filha do ex-Presidente.

O presidente da Endiama, José Manuel Ganga Júnior, foi citado como tendo dito que as licenças expiraram e agora estavam disponíveis para novos parceiros de exploração.

Tratam -se das empresas Camafuca-Camazambo, Mulepe, Sangamina, Chiri e Tchiegi localizados nas provínciad da Lunda Norte e Lunda Sul.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG