Links de Acesso

Namibe: Trabalhadores da extinta Mecanagro dizem estar a ser enganados


Salários em atraso e indemnizações não foram pagos como prometido

Antigos trabalhadores da Mecanagro no Namibe dizem estar a ser enganados pelas promessas que os seus salários em atraso e indemnizações seriam pagos após um decreto presidencial ter extinto a companhia estatal.

Trabalhadores da extinta Mecanagro no Namibe dizem que não foram pagos - 2:56
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:56 0:00

Julião Chivela, coordenador da comissão reivindicativa dos ex-trabalhadores, que protestaram em frente à empresa hoje, disse à VOA que as promessas feitas não estão a ser cumpridas.

“Estamos a ser enganados”, disse, interrogando-se sobre o paradeiro dos três mil milhões de kwanzas disponibilizados pelo Executivo para a cobertura da divida com os trabalhadores com salários em atraso há 17 meses, a segurança social e a respectiva indemnização.

Os ex-trabalhadores dizem que poderão recorrer aos tribunais e apelaram ao apoio da organização judicial Mãos Livres.

Filipe Chimuco, chefe de Divisão Administração e Recursos Humanos da extinta Mecanagro, confirmou à VOA a disponibilização de três mil milhões de kwanzas pelo Governo e adiantou que o problema deve estar na burocracia excessiva do Ministério das Finanças na tramitação dos salários.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG