Links de Acesso

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos


Sindika Dokolo, empresário e coleccionador de arte congolês

Notícias da República Democrática do Congo dão conta de que o empresário congolês e marido da bilionária angolana Isabel dos Santos, Sindika Dokolo, morreu nesta quinta-feira, 29 de outubro, no Dubai.

À Voz da América uma fonte familiar disse que Sindika Dokolo morreu por afogamento. Christian Lusakweno, dono da rádio Top Congo FM em Kinshasa, disse à VOA que Sindika Dokolo morreu enquanto fazia mergulho.

Várias entidades políticas congolesas confirmaram igualmente a morte do também ativista, que criou o movimento "Les Congolais Debout".

Foto de arquivo de Sindika Dokolo, colecionador de arte e empresário congolês, casado com a bilionária angolana Isabel dos Santos. Morreu a 29 de outubro 2020
Foto de arquivo de Sindika Dokolo, colecionador de arte e empresário congolês, casado com a bilionária angolana Isabel dos Santos. Morreu a 29 de outubro 2020

Em nota enviada às redações, a família agradeceu as mensagens de condolências, dizendo o seguinte: "É com profundo pesar e consternação que a família Dokolo, esposa, filhos, mãe, irmão e irmãs, neste momento de enorme tristeza e dor, lamenta informar o falecimento de Sindika Dokolo, na quinta-feira, 29 de outubro 2020, no Dubai. A família agradece a todos os que expressaram sentimentos de pesar, solidariedade e bondade e que partilham a nossa dor."

Sindika Dokolo nasceu no Congo Democrático em 1972, filho de um banqueiro congolês, Augustin Dokolo Sanu, e de mãe dinamarquesa, Hanne Taabbel, estudou em Paris. Casou-se com Isabel dos Santos, filha mais velha do antigo Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Isabel dos Santos e o marido Sindika Dokolo no Porto, Portugal. 5 março 2015
Isabel dos Santos e o marido Sindika Dokolo no Porto, Portugal. 5 março 2015

Amante das artes, criou em Angola a Fundação Sindika Dokolo, com o objetivo de promover a arte e a cultura em Angola e não só.

O colecionador de arte viu-se envolvido no escândalo Luanda Leaks com a sua mulher em janeiro.

Também em janeiro deste ano, ele esteve na Voz da América onde falou sobre o combate à corrupção e defendeu a transferência de fundos do Estado a empresas privadas de Isabel dos Santos.

Comunidade congolesa desolada

No Twitter, várias são as mensagens de condolências à família de Sindika Dokolo e de várias esferas da sociedade.

O assistente do Presidente da República Democrática do Congo, Michée Mulumba escreveu: "Foi durante um mergulho que partiu para a eternidade, uma atividade habitual que o afastou da sua luta e dos seus entes queridos".

O famoso cantor Kaysha também partilhou uma mensagem de condolências no Twitter: "Acabo de perder um irmão. Descansa em paz primo. Uma bela alma".

Sindika Dokolo tinha 48 anos.

*Artigo atualizado com a mensagem da família a 30 de outubro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG