Links de Acesso

Morreu o actor Christopher Plummer


Christopher Plummer nos Oscars, 4 Março, 2018

Christopher Plummer, o arrojado actor premiado que interpretou o Capitão von Trapp no filme "Música no Coração" e que aos 82 anos tornou-se o vencedor do Oscar mais antigo da história, morreu. Ele tinha 91 anos.

Plummer morreu nesta sexta-feira, 5 de Fevereiro, de manhã em sua casa em Connecticut com a sua esposa, Elaine Taylor, ao seu lado, disse Lou Pitt, seu amigo e empresário de longa data.

Ao longo de mais de 50 anos na indústria, Plummer desempenhou papéis variados, desde o filme "The Girl With the Dragon Tattoo", à voz do vilão em "Up" de 2009 e como um advogado astuto na Broadway no filme "Inherit the Wind".

Em 2019, ele protagonizou o filme "Knives Out", de Rian Johnson.

Música no Coração

Mas foi ao lado de Julie Andrews como von Trapp que se tornou uma estrela. Ele interpretou um capitão austríaco que teve que fugir do país com a sua família cantora de folclore para escapar do serviço na marinha nazi, um papel que ele lamentou ter sido "sem humor e unidimensional". Plummer passou o resto da vida referindo-se ao filme como "The Sound of Mucus" (o som da mucosa) ou "S&M".

"Nós esforçamo-nos tanto para colocar humor nisso", disse ele à Associated Press em 2007. "Era quase impossível. Foi uma agonia tentar fazer aquele personagem não ser uma figura de papelão."

O papel catapultou Plummer para o estrelato, mas ele nunca assumiu papéis principais, apesar de seu cabelo prateado, boa aparência e sotaque inglês. Ele preferia papéis secundários, considerando-os mais substanciais.

Christopher Plummer
Christopher Plummer

Plummer teve um renascimento cinematográfico notável no final da vida, que começou com a sua actuação aclamada como Mike Wallace no filme de Michael Mann de 1999 "The Insider"; continuou em filmes como "A Beautiful Mind" de 2001 e "The Last Station" de 2009, em que interpretou um Tolstoi em decadência e foi indicado ao Oscar.

Em 2012, Plummer ganhou um Oscar para melhor actor secundário pelo seu papel em "Beginners" como Hal Fields, um director de museu que se torna abertamente gay depois da sua esposa, de há 44 anos, morrer. O seu relacionamento amoroso final torna-se uma inspiração para o seu filho, que luta com a morte do pai e como encontrar intimidade em um novo relacionamento.

"Muitas pessoas no mundo estão infelizes com a sua sorte. E então reformam-se e tornam-se vegetais. Acho que a reforma em qualquer profissão é a morte, então estou determinado a continuar a pensar", disse ele à AP em 2011 .

Plummer em 2017 substituiu Kevin Spacey como J. Paul Getty em "All the Money in the World" apenas seis semanas antes de o filme chegar aos cinemas. Essa escolha que foi oficialmente validada da melhor maneira possível para o filme - uma indicação ao Oscar para Plummer. Em 2019, ele protagonizou a série dramática de suspense para TV "Departure".

Ele recebeu a maior homenagem civil do Canadá quando foi investido como Companheiro da Ordem do Canadá pela Rainha Elizabeth II em 1968 e foi introduzido no Hall of Fame do Cinema Americano em 1986.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG