Links de Acesso

Ministro britânico diz que UE deve parar de tratar a Irlanda do Norte como um 'país separado'


Imagem de arquivo de manifestantes anti-Brexit frente ao Parlamento em Londres. 12 de Dezembro, 2018.

O ministro das Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, criticou a União Europeia no domingo por tratar a Irlanda do Norte como se fosse um país separado, e não parte do Reino Unido, e disse que essa abordagem estava causando danos à província britânica.

"Várias figuras da UE aqui em Carbis Bay, mas francamente há meses e anos, caracterizaram a Irlanda do Norte como um país separado e isso está errado. É uma falha em compreender os factos", disse ele a Andrew Marr da BBC.

Raab fez os seus comentários em meio a uma disputa entre a Grã-Bretanha e a União Europeia sobre a interpretação do protocolo da Irlanda do Norte, o elemento do acordo de divórcio Brexit que se refere ao comércio na província.

O jornal Telegraph da Grã-Bretanha reportou que o Presidente francês Emmanuel Macron sugeriu que a Irlanda do Norte não fazia parte do Reino Unido durante o seu encontro com o primeiro-ministro britânico Boris Johnson na cimeira do G7 em Carbis Bay, no sudoeste da Inglaterra.

Europa prepara boas-vindas calorosas para Biden no G-7, mas o cepticismo permanece
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:29 0:00

"É uma falha em compreender os factos. É uma falha em apreciar o que falar da Irlanda do Norte nesses termos e abordar a questão do protocolo da Irlanda do Norte nesses termos causa danos às empresas de ambas as comunidades e que cria profunda consternação ", disse Raab.

"Não falaríamos sobre Catalunha e Barcelona ou Córsega na França, dessa forma", acrescentou.

Questionado se a Grã-Bretanha e a UE estavam a caminho de uma guerra comercial, Raab disse que o bloco precisava permitir o livre fluxo de comércio entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte.

"Se a Comissão e a UE se mantiverem nisso, guarde as palavras do Presidente Macron, podemos encontrar uma forma pragmática de o fazer", disse ele.

"O que não podemos ter é uma abordagem desequilibrada, baseada em alguns dos pressupostos erróneos e que têm efeitos muito reais para as comunidades em todos os lados da Irlanda do Norte.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG