Links de Acesso

Michel Temer livre da denúncia por corrupção

  • Bárbara Ferreira Santos

Michel Temer

Maior parte de deputados votou a favor para manter a estabilidade política e económica

A Câmara dos Deputados livrou ontem o presidente Michel Temer da denúncia por corrupção e barrou a investigação no Supremo Tribunal Federal, um alívio para um governo com o pior índice de aprovação da história, de 5%.

O que fez a diferença foi o apoio e a articulação política do presidente dentro do Congresso.

Dos 263 deputados que votaram a favor do impedimento da denúncia da Procuradoria Geral da República, a maior parte alegou que queria a manutenção da estabilidade política e económica.

O Brasil, no entanto, ainda enfrenta uma das piores crises de sua história, com crescimento da dívida pública federal, cerca de 13,5 milhões de desempregados e o recente aumento do preço da gasolina por causa do crescimento de impostos.

Para especialistas, o bloqueio da investigação mostra a crise política que o país enfrenta e o abismo entre o que o povo quer e o que os seus representantes fazem.

No discurso após a votação, o presidente Michel Temer considerou o episódio uma conquista do estado democrático de direito.

O professor Diogo Rais explica que esse bloqueio de investigação, no entanto, vale apenas enquanto Michel Temer estiver na presidência. Depois que ele deixar o cargo, em 2018, a Justiça poderá voltar a investigar o peemedebista.

Apesar da vitória de ontem, o governo ainda vai ter um longo percurso para conseguir aprovar a reforma previdenciária e passar ileso pelos próximos 17 meses que restam de mandato.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG