Links de Acesso

Médicos angolanos poderão entrar em greve


Foto de arquivo

Médicos dizem-se prontos para protesto de sábado e anunciam novo caderno reivindicativo

Os médicos angolanos poderão entrar em greve caso o govenro não responda a um novo caderno reivindicativo a ser entregue na segunda-feira, disse o secretário geral do Sindicato dos Médicos Angolanos Pedro da Rosa.

Médicos ameaçam entrar em greve – 2:01
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:00 0:00


Falando nua conferência de imprensa, Da Rosa confirmou a manifestação paa o próximo sábado em várias cidades do país em solidariedade com o presidente do sindicato Adriano Manuel, suspenso há mais de cinco meses, por denunciar a existência de muitas mortes no hospital Infantil David Bernardino onde está enquadrado.

Para além de Luanda onde a manifestação partirá do largo da Mutamba até ao hospital Pediátrico David Bernardino estão previstas manifestações de médicos noutras cidades.

“No final do acto vamos ler um cardeno reenvindiativvo que vai ser dado entrada na segunda-feira dei para frente vamos dar um espaço para cumprir caso contrário vamos mesmo entrar em greve”, disse Pedro da Rosa

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG