Links de Acesso

Manuel Vicente vai a julgamento em Portugal

  • Redacção VOA

Manuel Vicente

Vice-presidente angolano é acusado de ter pago 760 mil euros a um procurador português para a troca de decisões favoráveis

O vice-presidente de Angola Manuel Vicente vai a tribunal como arquido no processo Operação Fizz, em Portugal, por decisão do juiz do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira, 19, pelo juiz que também processou o o procurador do Ministério Público Orlando Figueira.

Vicente é suspeito de ter corrompido o procurador português para que ele arquivasse dois inquéritos contra ele, sendo um deles relacionado com a alegada aquisição de um imóvel de luxo no Estoril.

A acusação diz que o vice-presidente angolano terá pago 760 mil euros a Orlando Figueira.

Quando a acusação foi feita no ano passado, o vice-presidente de Angola em comunicado divulgado a 2 de Março de 2017 afirmou ser “completamente alheio à contratação” do procurador Orlando Figueira, para o sector privado, assim como a “qualquer pagamento” que aquele magistrado tenha eventualmente beneficiado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG