Links de Acesso

Manifestantes angolanos dizem estar a ser perseguidos


Polícias bate em manifestantes em Luanda, quando estes participavam numa manifestação contra o desemprego

Vários activistas angolanos que participaram numa recente manifestação contra o desemprego afirmam que têm estado a ser alvo de perseguições por parte de agentes da polícia secreta angolana.

A manifestação foi alvo de uma violenta repressão da policia e um dos organizadores Geraldo Dala diz que hámais de uma semana que vem sendo vigiado e perseguido por agentes de segurança do estado.

“Os agentes dos serviços secretos foram sexta-feira ao meu serviço e ouviram alguns estudantes”, disse

Outro activista Nuno Alvaro Dala diz estar a ser perseguido por individuos da segurança do estado mas disse não ter recebido ameaças.
“Isso já não é segredo para ninguém que sou seguido por indivíduos da secreta em todos os sítios onde vou”,disse.

“Tirando isto não recebo ameaças directas ou indirectas” acrescentou Nuno Dala para quem é uma realidade que nos últimos tempos “sem sombra de dúvida de duvida que voltamos à era em que se manifestar acaba sendo um acto de suicidio” .

Fernando Gomes outro activista concorda afirmando que “voltamos aos hábitos s de 2011 com osmesmos métodos de repressão”, disse.

Para Laurinda Gouveia a brutalidade que se ve agoranas manifestações mostra que o país vive uma situação mais difícil que no passado.
“Nós estamos a viver uma situação pior que no passado” disse

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG