Links de Acesso

Mais de duzentos soldados afegãos mortos e feridos em ataque dos Talibã

  • Redacção VOA

A entrada da base atacada

No Afeganistão um ataque suicida dos Talibã contra uma base militar no norte do país causou a morte de pelo menos 140 pessoas a maioria soldados.

Foi o ataque mais mortífero contra forças afegãs desde 2001.

Testemunhas disseram que dez homens fortemente armados com uniformes do exército e em dois veículos militares atacaram um quartel em Mazar-i Sharif, a capital da província de Balkh no norte do país.

Estações locais de televisão citaram uma fonte dos serviços de segurança e políticos da região como tendo dito que “pelo menos 140 soldados foram mortos no ataque de Sexta-feira á tarde e pelo menos 100 outros foram feridos”.

De acordo com fontes oficiais um grupo dos atacantes Talibã dispararam indiscriminadamente contra os soldados quando estes deixavam a mesquita do quartel enquanto um outro grupo atacam um refeitório.

Os atacantes foram posteriormente cercados por comandos afegãos e mortos.

Um porta voz dos Talibã reivindicou responsabilidade e divulgou fotos dos atacantes .

A foto divulgada pelos Talibã dos atacantes com uniformes do exército
A foto divulgada pelos Talibã dos atacantes com uniformes do exército

Entretanto as autoridades militares americanas confirmaram que um destacado comandante militar dos Talibã, Qari Tayy, foi morto num ataque aéreo na província de Kunduz

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG