Links de Acesso

O novo partido A República em Marcha, do Presidente Emmanuel Macron, foi o grande vencedor das eleições legislativas francesas deste domingo, 18, ao conquistar 355 lugares dos 577 que compõem a Assembleia Nacional da França.

O conservador Os Republicanos foi o segundo mais votado com cerca de 125 cadeiras.

Um dos grandes derrotados foi o Partido Socialista que ficou com 49 cadeiras, seguido pela Frente Nacional, da ex-candidatda extrema-direita à Presidência da França Marine Le Pen, com apenas oito cadeiras.

Os cerca de 47 milhões de eleitores convocados para o segundo turno da eleição legislativa francesa não se mobilizaram para o pleito.

Menos da metade foi às urnas neste domingo, segundo o jornal "Le Monde".

Uma pesquisa divulgada depois do fecho das urnas, mostra que 35,33% compareceram às urnas, enquanto na semana passada 40,75% dos eleitores foram às urnas.

Oposição

O coordernador da campanha do partido da direita Os Republicanos, François Baroin, declarou-se hoje como "principal força opositora" ao Presidentre Macron e anunciou uma "oposição firme" às suas políticas.

"Macron tem o conjunto de poderes. Desejo-lhe boa sorte, mas nós conseguimos um grupo suficientemente importante para fazer escutar nossas demandas e convicções. Vamos deixar claro nossas diferenças, em especial, no aspecto fiscal", disse Baroin.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG