Links de Acesso

Lucas Ngonda defende presença de observadores internacionais

  • Isaías Soares

Lucas Ngonda, líder FNLA

André Mendes de Carvalho acusa "sobas" de ameaçarem com feitiço quem votar na oposição

O presidente da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Lucas Mbengy Ngonda, considera que a presença de observadores internacionais nas eleições gerais dá credibilidade ao pleito eleitoral.

Ngonda diz que os observadores internacionais devem ter a liberdade de acompanhar as eleições de acordo com os pressupostos na lei eleitoral, para permitir uma cobertura coerente e a formação de uma opinião sobre o processo.

O presidente da FNLA fez as declarações em Malanje, onde o vice-presidente da CASA-CE, Almirante André Mendes de Carvalho, denunciou que algumas autoridades tradicionais locais têm estado a ameaçar à morte por feitiço aqueles eleitores que votarem nos partidos da oposição.

“Alguns sobas andam a ameaçar a população dizendo que vota naquele partido, se você não votar naquele partido vai morrer feitiçado. Não acreditem, o soba é uma pessoas para ser respeitada, mas o soba não deve dizer votem no M ou votem no X”, defendee Mendes de Carvalho.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG