Links de Acesso

Jornalismo plural e independente é essencial para a democracia em Angola, diz Sindicato


Teixeira Candido, Sindicato Jornalistas de Angola

STJ quer disciplinar o exercício da profissão

Jornalismo plural, independente e informado é essencial para a democracia em Angola, disse o secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (STJ), Teixeira Candido.

Jornalismo independente é nessario para a democracia de Angola - 2:39
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:39 0:00

“O jornalismo com maior pluralidade com diversas opiniões, especializado, em que os jornalistas possam interpretar melhor os fenómenos e com maior acesso às fontes é o que os jornalistas esperam para que possa ajudar a nossa democracia”, sustentou.

Teixeira Cândido lamentou a situação por que passam muitos jornalistas, mencionado situações em que os profissionais tem que depender das fontes para se alimentarem o que condiciona a independência destes profissionais.

“As condições dos jornalistas são deploráveis”, afirmou.

O Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) que assinalou esta semana o seu 28º aniversário quer que a Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERCA) convoque nos próximos tempos uma assembleia para a eleição da Comissão da Carteira e Ética, para disciplinar o exercício da profissão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG