Links de Acesso

Joe Biden começa a reverter políticas de Donald Trump ainda hoje


Presidente Joe Biden assina primeiros documentos da sua Administração

Presidente deve assinar dezenas de decretos em 10 dias

Momentos após a posse nesta quarta-feira, 20, o Presidente Joe Biden assinou três documentos na Sala do presidente do Capitólio dos Estados Unidos, o seu primeiro acto na Presidência: a Proclamação do Dia da Posse e dois documentos com as nomeações dos membros do seu Governo.

Entretanto, Biden prepara-se para assinar mais de meia centena de decretos presidenciais que, na sua esmagadora maioria, anulam decisões tomadas pelo anterior Presidente Donald Trump nos últimos quatro anos.

O Presidente cumpre assim promessas feitas durante a campanha eleitoral.

Em comunicado divulgado hoje, a equipa de transição confirmou que entre os vários documentos que vai assinar, Biden irá anular a norma que proíbe a entrada de pessoas de certos países muçulmanos, suspender a construção do muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México e determinar o regresso do país ao Acordo Climático de Paris e à Organização Mundial da Saúde.

Ainda de acordo com a mesma fonte, Joe Biden vai determinar que as agências federais revejam as políticas que têm permitido o racismo sistémico e que eliminem qualquer tipo de discriminação com base na identidade de género ou orientação sexual.

O novo Presidente revogará ainda a ordem de Trump que excluiu os imigrantes indocumentados do censo da população.

Joe Biden também vai aprovar uma série de medidas sanitárias, como o uso obrigatório de máscaras em edifícios e instalações federais, e outras que visam aliviar a crise provocada pelo novo coronavírus, como impedir que pessoas sejam despejadas por falta de pagamento de rendas, suspensão das execuções de hipotecas garantidas pelo Governo federal e uma moratória nos empréstimos para educação, com a suspensão dos juros do empréstimo federal para estudantes nos próximos oito meses.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, informou, por outro lado, que o novo Presidente vai revogar a norma do Departamento de Defesa que proíbe transgéneros de servirem nas Forças Armadas, bem como o decreto que impede o financiamento dos EUA de grupos internacionais que ajudam mulheres a conseguirem serviços de aborto.

Refira-se que, depois da posse e de várias outras cerimónias, como a visita ao Cemitério de Arlington e a parada militar, o Presidente e a primeira-dama, Jill Biden, chegaram à Casa Branca por volta das 16 hors.

O trajecto foi feito feito no carro presidencial e, depois, a pé.

Depois de assinar vários decretos, o Presidente vai assistir o espectáculo virtual Celebrando América, com a participação de vários artistas a partir de diversos Estados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG