Links de Acesso

João Lourenço recusa comentar situação política nos Estados Unidos

  • João Santa Rita

General João Lourenço no Pentágono

Ministro angolano diz que americanos saberão ultrapassar qualquer situação que exista de momento.

O ministro da Defesa de Angola e candidato à Presidência do seu país, João Lourenço, recusou-se a comentar a situação política nos Estados Unidos.

Lourenço falava numa curta conferência de imprensa após ter assinado nesta quarta-feira, 17, um memorando de entendimento com o seu homólogo americano, Jim Mattis, no Pentágono, nos arredores da capital americana.

O ministro angolano foi interrogado se seguia as controvérsias em Washington em redor de declarações e acções do Presidente americano Donald Trump e respondeu que “obviamente acompanhamos a situação no mundo e também nos Estados Unidos da América”.

“Consideramos que quaisquer que sejam os problemas que a administração americana tenha aqui são problemas internos sobre os quais nós não gostaríamos de comentar”, sublinhou Lourenço.

O também candidato à Presidência reiterou ainda acreditar que "os americanos e as forças políticas americanas saberão ultrapassar o momento que a política americana está atravessar".

Numa visita de três dias a Washington que termina na quinta-feira, João Lourenço reuniu-se com o seu homólogo americano Jim Mattis, colocou uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido no Cemitério de Arlington, e manteve encontros no Departamento de Estado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG