Links de Acesso

João Lourenço promete industrializar a agricultura no Uíge


João Lourenço e Ana Dias Lourenço

Oposição diz que promessas são "eleitoralistas"

O candidato do MPLA à Presidência de Angolaprometeu no Uíge industrializar a produção agrícola e construir vias de comunicação rodoviária aos municípios carentes no interior da província.

A oposição critica promessas "eleitoralistas".

“O Uíge não pode só viver da agricultura, temos que industrializá-la para que os produtos tenham mais valor no mercado, para que sejam mais apetitosos aos olhos do consumidor” prometeu Lourenço, que ainda defendeu “a valorização do capital humano durante o seu mandato por forma a alcançar o desenvolvimento do país”.

Em reacção, o secretário provincial do PRS, David António, acusou o MPLA de fazer “muitas promessas com o propósito eleitoralista que nunca foram realizadas, como a construção de estradas secundárias em alguns municípios da província”.

Por sua vez, o secretário provincial da CASA-CE Inácio Lussinga acusou a CNE de preparar fraude nas eleições de 23 de Agosto ao trocar as assembleias de votos de alguns municípios, comunas e aldeia, que não estão de acordo com o mapeamento apresentado aos partidos políticos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG