Links de Acesso

Jacob Cachinga: Das ruas de Angola para ser mestre no Brasil


Jacob Cachinga, angolano, mestre em bioética e professor de dança em Curitiba, Brasil

A história do refugiado angolano que perdeu a visão aos 2 anos de idade, aprendeu a ler no Brasil e virou mestre em bioética

O angolano Jacob Cachinga nunca pôde frequentar a escola em seu próprio país. Filho de pais pobres, morava em Luena, na capital da província de Moxico. Aos 2 anos, perdeu a visão, consequência do sarampo. Morou na rua e foi usuário de drogas.

Em 2001, quando tinha 11 anos, foi trazido ao Brasil por um convênio firmado entre os governos brasileiro e angolano para o acolhimento de refugiados da guerra civil de Angola, que durou de 1975 a 2002.

Com muito esforço, Cachinga se alfabetizou em uma escola para deficientes visuais em Curitiba, cidade onde vive desde então. Hoje, aos 31 anos, acabou de defender a sua dissertação de mestrado, que discutiu políticas de educação inclusiva, mostrando o poder de transformação da educação.

Jacob Cachinga: Das ruas de Angola para ser mestre no Brasil
please wait

No media source currently available

0:00 0:07:15 0:00

  • 16x9 Image

    Edgar Maciel

    Edgar Maciel é jornalista multimédia desde 2011, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no Brasil. Nos últimos anos, acumulou experiências em importantes rádios, canais de TV e portais de Internet brasileiros.

    Baseado em São Paulo, actualmente é coordenador multimédia da revista Veja e correspondente da Voz da América. Como principais temas, cobre política, sociedade e cultura brasileira.

     

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG