Links de Acesso

Israel multiplica advertências ao Irão


Benjamin Netanyahu no meio

Israel multiplicou neste domingo, 11 de Fevereiro, as advertências ao Irão, após atacar múltiplos alvos iranianos na Síria e perder um caça-bombardeiro, um episódio que ameaça abrir uma nova e imprevisível etapa no conflito no país, devastado por sete anos de guerra.

Em comunicado, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, assegurou que os ataques da aviação israelita no sábado desferiram um "duro golpe" ao Irão e às forças do governo sírio.

Este foi o confronto mais violento de Israel com o Irão desde o início do conflito na Síria, em 2011.

"Vamos continuar a atacar todos os que tentarem nos atacar", disse Netanyahu no comunicado divulgado pelo seu gabinete.

Segundo Israel, um drone controlado à distância por iranianos com base na Síria entrou no sábado no espaço aéreo israelita, onde foi abatido.

Em represália, a aviação israelita atacou a base "iraniana" na Síria de onde o drone havia decolado.

Um dos aviões israelitas que participou desta operação foi atingido por um míssil da Síria e explodiu em solo israelita. Os dois pilotos foram hospitalizados. Um deles foi gravemente ferido no incidente, mas foi operado e o seu estado de saúde melhorou, indicaram as Forças Armadas israelitas.

AFP

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG