Links de Acesso

Governo israelita quer controlar a internet

  • Redacção VOA

Projecto de lei aprovado permite que tribunais ordenem o bloqueio de contas "ameaçadoras".

O Governo israelita aprovou neste domingo, 25, um projecto de lei que vai restringir a actividade de redes sociais como o Facebook e o Twitter e bloquear conteúdos que possam ser considerados ameaçadores.

A ideia é que os tribunais possam ordenar empresas como Gooogle, Facebook ou Twitter a eliminar qualquer conteúdo que possa ser instigador de violência ou que represente uma ameaça aos cidadãos ou ao Estado.

O projecto de lei tem ainda de ser aprovado pelo Parlamento antes de entrar em vigor.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG