Links de Acesso

Forças malianas abatem quatro militantes em Bamako, diz ministro da Segurança

  • Redacção VOA

Forças malianas (foto de arquivo, (AP Photo/Jerome Delay)

Homens armados mataram duas pessoas, no domingo, numa estância dos arredores de Bamako.

As forças do Mali mataram, pelo menos, quatro militantes envolvidos no ataque a uma estância turística, nos arredores da capital Bamako, disse hoje o ministro da segurança, Salif Traore.

Duas pessoas foram mortas, por homens armados, no Le Campement Kangaba, em Dougourakoro, no domingo.

No local frequentado por estrangeiros ocidentais, as forças de segurança salvaram 36 residentes, entre eles 13 franceses.

Os clientes do “Kangaba” incluem homens da missão militar francesa, Nações Unidas e União Europeia.

O ataque não foi imediatamente reivindicado por nenhum grupo.

O Departamento de Estado advertira, semana passada, sobre possíveis ataques contra missões diplomáticas ocidentais e outros locais frequentados por estrangeiros em Bamako.

A acção de grupos religiosos extremistas era antes limitada ao norte do Mali, mas recentemente os jihadistas tiveram incursões violentas a sul.

Em Novembro de 2015, 22 pessoas foram mortas no hotel Radisson Blu, em Bamako, num ataque reivindicado por dois grupos rehionais, al-Qaida no Magrebe Islâmico e o al-Mourabitoun.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG