Links de Acesso

EUA e Angola assinam memorando sobre segurança


Os dois países vão trocar informações

A República de Angola e os Estados Unidos da América assinaram hoje, segunda-feira, um memorando de entendimento em matéria de segurança e ordem pública que poderá permitir em breve a troca de informações entre agências da polícia dos dois países.

Nina Maria Fite, embaixadora dos Estados Unidos em Angola, apontada em 2017
Nina Maria Fite, embaixadora dos Estados Unidos em Angola, apontada em 2017

Na ocasião, a embaixadora Nina Maria Fite disse que o memorando “ cria um mecanismo para apoiar a agenda do Presidente Lourenço no combate às actividades criminosas nacionais e internacionais e que representam uma ameaça aos nossos interesses nacionais”.

Por seu lado, ministro do Interior, Ângelo de Barros Veiga Tavares, salientou o aumento de actividades criminosas em redor do mundo como trafico de drogas, terrorismo e tráficos de seres humanos, acrescentando que “com este mecanismo de troca de informações pensamos que estão reunidas as condições para que as estruturas de policia dos dois países de forma mais expedita desenvolvam acções que possam salvaguardar os interesses dos cidadãos dos nossos países e dos cidadãos do mundo de uma forma geral”.

“Vamos esperar que os nossos polícias se encontrem de forma directa para que este memorando saia da palavra para prática”, disse o ministro que afirmou que Angola “apesar da sua modéstia também poderá partilhar informações de interesse útil neste mundo cada vez mais global”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG